top of page

“O Amigo Secreto” por Amanda Araújo de Castro

O Amigo Secreto

Amanda Araújo de Castro

Pedro estava deitado em sua cama com fones de ouvidos mexendo no celular.  Entra sua mãe em seu quarto.

– Eu não acredito que você não está arrumando suas coisas Um pouco entendiado ele retira seus fones e diz – Já vou arrumar.

Ela impaciente sai do quarto e ele se joga na cama pensando nessa mudança de cidade. Que terá que deixar o bairro que tanto ama, seus amigos, mudará de ala e estaca e terá que passar por adaptações.

Passam 2 dias e já estão na nova casa,  no novo bairro.

Hoje é seu primeiro domingo na ala nova e ele pretende não conversar com ninguém.

No caminho de volta para casa.

Conversa no carro.

– Aqui todos parecem muito bem animados. – diz sua mãe. – A nossa sala estava bem cheia – Diz irmã de Pedro que tem 15 anos. – O sumo foi bem recepcionista.  -comenta seu pai. – E você filho, o que achou?  – pergunta sua mãe. – Foi bom. – responde Pedro sem animação. – Quanta animação. – Sua irmã então diz. Pedro continua a olhar a paisagem pela janela do carro.

Passam alguns dias, está em período  férias… A mãe de Pedro chama ele no quarto dizendo que tem uns jovens da ala esperando na sala. Eles convidam Pedro para ir a uma atividade e ele aceita.

Chegando lá, estão todos bem animados, se divertindo da várias formas, mas o que chama atenção dele é uma moça que está cantando enquanto um rapaz toca violão.

Que menina bonita e que voz serena,  pensa ele. Qual será o nome dela? Fica observando. No fim do dia, acaba a atividade e ele vai embora sem ter tido nenhum contato com aquela moça, nem mesmo visual.

Domingo está na aula dos rapazes,  quando precisa sair para pegar umas impressões na biblioteca, quando vai andando no corredor, vê aquela bela moça vindo, ela passa por ele e sorrir. Que belo sorriso. Ela parece tímida e eu pareço que estou apaixonado.  Preciso confessar que tenho observado ela,  pensa Pedro.

Passam mais alguns dias… é domingo, novamente. Ao término da reunião, sua mãe avisa que eles irão almoçar na casa de um membro. Pedro não via a hora de chegar em casa e percebe que vai demorar um pouco.

Quando chegam na casa do membro, para sua surpresa, descobre que está na casa da moça a qual ele observa. Ele fica um pouco tímido, mas feliz por ter a chance de conhece-la. Após o almoço ele sai para varanda para brincar com um gatinho e a moça vai lá falar com ele.

-Ele é adorável,  certo? – sorri. -Sim. – sorri e responde Pedro, e fica sem saber o que falar.  Então arrisca e diz – Qual é seu nome? – Liz e o seu? – Pedro,  prazer em te conhecer. – Igualmente,  Está gostando de nossa ala? – Estou bem adaptando, vocês são bem animados e receptivos. – Que bom, se precisar de algo, pode contar comigo. – Ok! Obrigado!

Passam dois dias, Pedro estava em casa e recebeu uma ligação no telefone fixo.

– Oi, aqui é Liz. – Oi Liz, tudo bem? – Tudo sim e você? – Muito bem,  eu estou te ligando para te chamar para ir a uma noite familiar comigo. – Vamos sim, que horas? – Daqui 30 minutos…  Pode ser? – Pode, eu passo na sua casa então. – Ok!  Te espero! – Tá bom!

Pedro se arruma e busca Liz. Vão à noite familiar, se divertem, depois ele deixa ela em casa. Voltando para casa, fica pensando em uma maneira de se aproximar dela. Então decide que começará enviar e-mail em anonimato. Chegando em casa, entra no site dos membros da ala e consegue o e-mail dela.

Abre o notebook e escreve.

De: Amigo Secreto Para: Liz Assunto: podemos ser amigos?

Oi. Tudo bem? Estou a procura de alguém que eu possa conversar e te escolhi.

De: Liz Para: Amigo Secreto Assunto: podemos

Oi. Tudo sim. Primeiro gostaria de saber como conseguiu meu e-mail? E por que me escolheu?

De: Amigo Secreto Para: Liz Assunto: Eu sou uma pessoa mais tímida

Eu consegui seu email em um site,  cuidado onde deixa seus dados pessoais haha e eu escolhi seu você porque achei o nome mais diferente e bonito.

De: Liz Para: Amigo secreto Assunto: fiquei com medo agora

Eu realmente deixo meu e-mail em muitos lugares haha preciso tomar mais cuidado  e obrigada pelo elogio do nome haha foi meu pai que escutou em um filme e quis colocar.

De: Amigo Secreto Para : Liz Assunto : eu sou do bem haha

Cuidado haha sim…  De nada

Eles conversam bastante e Pedro fica feliz por as coisas estarem saindo como planejado.

10 dias se passam e eles trocam e-mails todos os dias.

Ele vai à capela jogar futebol. Chegando lá, encontra Liz.

– Oi Liz. – Oi Pedro. Tudo bem? – Tudo sim e você? Sumiu! – Nossa, me desculpe…  não estou sendo uma boa recepcionista, né?! – Fique tranquila. Você já fez sua parte. – Eu pensei em você nessa semana.  Iria ligar em sua casa. Quer dizer que ela pensou em mim? pensou Pedro. – Você pode me passar seu número?  Fica mais fácil de manter contato. – Claro, por que não pensei nisso antes?

Passa o número dela e ela sai dizendo que vai resolver algumas coisas. Chegando em casa ele manda um SMS para Liz.

SMS: salvei seu número aqui. SMS: que ótimo, salvei aqui também.

Decide abrir seu email e falar com ela por lá.

De: A. S. Para: Liz Assunto : diga três coisas sobre você

Eu gosto de jogar videogame Eu adoro comer batata frita Eu não gosto quando andam devagar na minha frente.

De: Liz Para: A. S. Assunto: gostei desse joguinho

Eu tenho 16 anos Eu gosto de cantar Eu não gosto quando gritam comigo Você tem quantos anos?

De: A. S. Para: Liz Assunto: ele é legal haha

Eu tenho 16 anos.  Mas não me pergunte meu nome haha

Eles conversam um pouco mais no e-mail. Eu queria poder contar mais detalhes, mas preciso resumir.

Passam 45 dias e Pedro está bem mais próximo de Liz, tanto como amigo quanto como amigo secreto. Ele tem descoberto as coisas que ela gosta e assim tem conseguido impressionar a garota. Liz faz algumas perguntas para ver se descobre quem é o amigo secreto.

Passam dois meses e eles estão muito amigos.

Passam mais alguns dias e Pedro convida Liz para tomar sorvete.

-Qual você mais gosta, chocolate ou morango?  – Diz Liz tentando descobrir se Pedro é o amigo secreto, porque esse amigo uma vez disse que qualquer opção colocada com chocolate, ele sempre vai escolher o chocolate. – Chocolate. – responde sorrindo – Flocos ou chocolate? – pergunta novamente. – Chocolate! – sorri. – sempre chocolate.

Logo Liz pensa que isso já coincidiu.

– Eu amo de chocolate também. – diz ela sorrindo.

Então Liz fica fazendo umas perguntas e entrando em alguns assuntos para ver se os dois se parecem e ela chega à conclusão que sim. Na hora de ir embora,  Pedro deixa Liz em casa.  Ela se pega pensando em Pedro e acha que está apaixonada por esse amigo.

Pedro chega em casa e fica pensando se não seria muito suspeito enviar o e-mail nesse mesmo momento. Fica pensando nela e como os dois estão próximos. E se perguntando o que será que Liz pensa sobre ele.

Enquanto isso, Liz na sua casa, reler as conversas no e-mail e as mensagens de texto procurando semelhança entre os dois. Porém, percebe que a escrita é diferente, mas que os dois compartilham de coisas parecidas. Mas logo depois fica triste por pensar que meninos gostam das mesmas coisas, então deve ser só coincidência, mas que se ela pudesse escolher, esse amigo secreto seria o Pedro, porque o amigo secreto parece gostar dela e Pedro não.

Pedro deitado ouvindo suas músicas chega a conclusão que deve contar para Liz que ele é o amigo secreto mesmo que isso possa colocar a amizade deles em risco.

No outro dia, tem uma atividade na capela. Pedro estar observando Liz e os olhares deles se encontram e eles ficam se encarando de forma fofa. Então Pedro pisca para ela e manda beijo, ela começa a rir e sente seu coração acelerar. No final da atividade ele corre e a abraça forte. Eles ficam abraçados sem falar nada.

– Sabia…?  – Pedro começa a falar e desiste no mesmo instante. – O que? – pergunta, ainda abraçados – Que eu to com fome. – sorrir. – Isso nem é novidade. – olha para cima para ver o rosto dele. Os dois ficam se olhando bem próximos sem falar nada. Ele fica sem jeito e fala – Você é linda! – dá um beijo na bochecha dela, o que faz seu coração faltar sair pela boca. Ele puxa ela de modo carinhoso pelo braço e diz que deixará ela em casa.

Como Pedro não consegue falar para ela que é o amigo secreto, começa a demonstrar mais carinho, deixando um pouco a timidez de lado.

De: A. S. Para: Liz

Bom dia, amor da minha vida! haha

De: Liz Para: A. S.

Amor da sua vida?  Hahaha bom dia. Falar em amor…  você já se apaixonou alguma vez?

De: A. S. Para: Liz

Eu já má apaixonei sim e você?

De: Liz Para: A. S.

Eu estou apaixonada, estou começando achar que ele talvez esteja também, antes não parecia, mas agora ele tem se aproximado mais de mim e eu quero muito que isso aconteça. Quando ele sorrir para mim meu coração acelera, nunca tinha acontecido isso antes. Eu nem sei se você quer saber sobre isso, mas a gente conversa tanto sobre tudo, precisava desabafar.

De: A. S. Para: Liz

Você pode desabafar sempre que quiser.  Você foi muito gentil comigo sendo minha amiga mesmo sem saber quem eu sou. E sobre a paixão, ela nos deixa assim sem chão. A gente fica bobo, mas me conte mais sobre essa paixão…

De: Liz Para: A. S.

Eu gosto muito dele, mas não tenho coragem de falar, também tenho medo de que ele me veja apenas como uma boa amiga e eu estar confundindo as coisas. Eu nem sei se deveria falar isso para você haha mas uma vez eu cheguei a pensar que você gostasse de mim. Você sempre foi um fofo comigo e até pensei que queria que vocês fosse Pedro, porque ele parecia gostar de mim só como amiga haha mas depois cheguei a conclusão que apenas os gostos de vocês eram parecidos,  porque meninos gostam de coisas iguais,  mas a escrita era diferente e também  porque já conversei com vocês dois ao mesmo tempo…  você deve achar que sou uma doida. hahaha

Peraí, ela escreveu meu nome, pensa Pedro e começa a pular de felicidade, pensando que deve contar tudo para ela.  Aproveitando a empolgação, pega sua bicicleta e vai a caminho da casa de Liz.  Chegando lá, ela se surpreende.

– Pedro!  Não esperava você aqui,  entre! Você parece agitado. – Oi Liz, desculpa vir assim sem avisar,  mas precisava te dizer uma coisa. – Pode falar! – sorri preocupada. – Eu sou o amigo secreto, fui eu que troquei e-mail com você todos os dias, desculpe. Eu não sei o que vai pensar sobre isso, ainda mais que abriu o seu coração hoje. – É você?  – sem reação e com medo dele não gostar mesmo dela. – Mas antes que fique preocupada, eu gosto muito de você – abraça ela. – Que bom, também gosto muito de você. – abraçando ele um pouco chocada.

Os dois ficam abraçados. Depois sentam.

– Eu fiz tudo isso porque não sabia como te conquistar, eu sou um pouco tímido, mas quando você falou hoje que gostava de mim, vim pelo impulso. – Sem problemas, eu acho fofo tudo isso que fez, mas só fiquei com medo quando me disse de você não gostar de mim. – Jamais, você é a menina mais incrível que eu já conheci. – E você é o rapaz mais incrível que já conheci. – sorrir com vergonha.

Ele segura na mão dela, os dois trocam olhares apaixonados. Ele se aproxima um pouco mais dela e a beija.

0 views0 comments

Recent Posts

See All

Mormon Lit Blitz: Global Call for Submissions

Please help us spread the word about a writing contest for Mormon writers from any country and working in any language! The Mormon Lit Blitz is a contest for stories, essays, and poems about Latter-da

Winners for the Around the World in Mormon Lit Contest

We loved this contest. It has been wonderful reading the stories people sent us,  sharing the finalists, and seeing people’s reactions to these writers and their work. Thank you to the writers, the tr

Voting for the Around the World in Mormon Lit Contest

During the Around the World in Mormon Lit contest, we have published twelve excellent stories, essays, and poems. But only one finalist can receive the $100 (USD) audience choice prize. Voting is open

Bình luận


bottom of page